Como atuamos

Parceria com as escolas públicas



A atuação da Fundação Tide Setubal junto às escolas públicas da região de São Miguel Paulista está alinhada a sua missão de desenvolvimento local, na qual a educação é um dos elementos da transformação social. De forma integrada ao dia a dia da escola, a Fundação realiza ações que visam estimular novas praticas educativas, construídas conjuntamente e apropriados ao ambiente e as demandas específicas de cada parceiro.

Avalorização da potência da equipe escolar, o incentivo a práticas que consolidam a educação integral no território, o investimento nas relações e a ênfase no aprendizado são aspectos que facilitam e aprimoram o dueto Fundação/educação pública.

A escuta e o diálogo são essenciais na construção das atividades. Sem a pretensão de apresentar “a grande solução”, a construção é feita com saberes agregados, legitimando as diferenças. O apoio da coordenação e a integração ao projeto político pedagógico formam uma base de sustentação para o envolvimento da equipe de professores, que se sente valorizada.

Esse ambiente de valorização do saber do outro e de diálogo também é estimulado na relação educador/educando. O trabalho com educomunicação e novas tecnologias, desenvolvido pelo Núcleo de Comunicação Comunitária São Miguel no Ar, e os novos conhecimentos sobre temas da adolescência, trabalhados pela metodologia Mundo Jovem, convidam para o exercício de uma relação mais horizontal, no qual as ideias são compartilhadas e os aprendizados acontecem conjuntamente. Com professores mais fortalecidos e uma nova forma de aprender e ensinar criam-se espaços para escuta e para o fomento à reflexão critica sobre a vulnerabilidade no território, inspirando produções voltadas a pensar a realidade na localidade.

No percurso de parceria com as escolas está também a participação na Jornada Especial Integral de Formação (JEIF)e nas Aulas de Trabalhos Coletivos com a reflexão de temas que colaboram com o plano pedagógico e com a educação integral em encontros com professores, coordenadores pedagógicos e diretores.

Além das atividades entre professores e alunos, a Fundação buscou também aproximar as famílias da escola. Reuniões socioeducativas, promovidas pelo Programa Ação Família, proporcionaram aproximação da escola com os pais para uma relação mais dialógica no debate sobre o papel e a importância de cada um na educação de crianças, adolescentes e jovens.