Notícias

Projeto Toque de Letras recebe apoio do programa Football for Hope e une esporte, cidadania e comunicação comunitária


ESPORTE | JUVENTUDE 13/01/2014

A Fundação Tide Setubal dá início em 2014 ao projeto Toque de Letra, que unirá esporte, cidadania e comunicação comunitária. Podem participar adolescentes e jovens entre 13 e 20 anos, que estejam estudando e gostem de futebol. As inscrições, gratuitas, serão feitas de 17 a 28 de fevereiro no CDC Tide Setubal, onde ele será realizado de 10 de março até dezembro.

O projeto é apoiado pelo Football for Hope, investimento social da Fifa que aporta recursos em organizações sem fins lucrativos no mundo todo que trabalham o futebol e a cidadania. Coordenado pelo Núcleo Mundo Jovem, da Fundação, contará com colaboração do Núcleo de Comunicação Comunitária (NCC) e da equipe do CDC Tide Setubal. A meta é beneficiar, ao ano, 175 adolescentes e jovens que treinam no clube.

O Toque de Letras vai oferecer: oficinas lúdico-educativas (filmes, debates, músicas, encenações) sobre temas da adolescência e de compreensão do território onde se vive, da cidade e da sociedade (“momento cidadania”); oficinas de blog, rádio, audiovisual e locução, a fim de fortalecer o letramento a partir de debates sobre a prática esportiva (“momento comunicação esportiva”); e fundamentos técnicos do futebol e jogos cooperativos (“momento esportivo”). “São dimensões com estratégias especificas, mas todos os envolvidos terão os mesmos princípios e objetivos de fortalecer os projetos de vida desses adolescentes, oferecendo-lhes uma formação integral”, explica Viviane Hercowitz, coordenadora do Núcleo Mundo Jovem.

Os treinos de futebol, três vezes por semana, terão duração total de duas horas. “Deste tempo, 40 minutos iniciais de um treino por semana serão dedicados às reflexões críticas de temas relacionados à cidadania. E um treino por mês (duas horas) será para a comunicação esportiva”, relata a coordenadora. Estão previstos ainda quatro passeios a estádios, centros de treinamento, Museu do Futebol e teatro, além de conversas com profissionais do futebol, como comunicadores, jogadores, treinadores, radialistas, fotógrafos e cineastas e de participações na Virada Esportiva da cidade de São Paulo e do Festival de Esportes do CDC.

 

Origem do projeto

O projeto remonta ao Futebol e Cidadania, iniciativa de 2007 que juntou o Mundo Jovem à equipe de esportes para a oferta, aos adolescentes e jovens no CDC, de uma formação social e humana. O objetivo era alinhar a prática esportiva às reflexões sobre temas fundamentais para que eles fortalecessem seus projetos de vida, como: sexualidade, gênero, trabalho, drogas, desigualdade social, meio ambiente.

Em 2010, ações do Mundo Jovem foram integradas com algumas intervenções do NCC, visando fortalecer o letramento com uso da prática esportiva como tema. Na época, foram promovidos exercícios de locução esportiva, escrita de técnicas de jogo e programas de TV com convidados do mundo do esporte. Ainda em 2010 o Futebol e Cidadania foi interrompido e, no segundo semestre de 2013, reativado, com algumas turmas do futebol, vôlei e ginástica artística, quando ocorreram discussões sobre desigualdade social e uma ida ao teatro no Centro de São Paulo (SP). A partir desse histórico, foi construído, então, o Toque de Letras.