Videoteca

13/09/2016

Histórias de Encontros - Katia Ramalho Gomes Fundação Tide Setubal

Antes de chegar à Fundação Tide Setubal, Katia Ramalho participou de diferentes projetos sociais, inspirada pelos pensamentos e ações dos pais, que desde sua infância tentaram mostrar a ela a importância da solidariedade e das ações coletivas. Foi a comunicação comunitária que aproximou Katia das ações da Fundação e foi nesse espaço que ela desenvolveu ações na escolas públicas da região e também com moradores do Jardim Lapenna, apoiando a comunidade na reflexão sobre suas demandas e também das questões da cidade. Apaixonada por antropologia, Katia acredita no fortalecimento individual para uma ação coletiva como caminhos para equidade.

15/09/2016

Histórias de Encontros - Rodrigo Hermógenes

Foi pelo viés da comunicação e da mobilização que Rodrigo Hermógenes se encontrou com a Fundação Tide Setubal. Entender as demandas da comunidade e as questões da cidade transformou o seu olhar, que segundo ele, foi aprofundando. Rodrigo destaca que não encontrou respostas em seu processo de formação, mas muitas, muitas perguntas. Outra mudança gerada por essa trajetória foi perceber que sua voz e opinião são importantes para participação e para a construção de novas realidades, individuais ou coletivas. “Antes, tinha uma visão de que o jovem não sabe. Hoje, sei que temos o direito de atuar, de falar e de fazer.” Assista o vídeo e conheça mais da história de Rodrigo Hermógenes.

10/09/2016

Histórias de Encontros - Fabiana Azevedo

O encontro de Fabiana Souza Azevedo com a Fundação Tide Setubal aconteceu na EE Reverendo Urbano de Oliveira Pinto. Professora, nascida e criada em São Miguel, ela sempre achou importante valorizar o lugar onde se vive. Para Fabiana, é a partir do seu lugar “que se pode enxergar todo o resto”. Essa visão foi ao encontro das ações de formação do Rede Jovem Comunica, que desenvolve um trabalho com educomunicação nas escolas da região com a proposta de usar a comunicação como meio para o debate sobre a realidade local. Com a nova metodologia, Fabiana pode realinhar seu trabalho em sala de aula. “Eu já acreditava fortemente que os textos dos alunos não poderiam morrer na mão do professor”.

05/09/2016

Histórias de Encontros - Camila Tavares

O Projeto São Miguel Paulista e Brasileiro surgiu em 2006 com a ideia de resgatar a história do bairro de modo que os moradores tivessem acesso às informações coletadas. Os jovens que participaram do projeto fizeram levantamentos junto aos moradores mais antigos, recolheram fotos e jornais que contassem sobre essa história. O Projeto cresceu e a Fundação criou o CPDOC - Centro de Pesquisas e Documentação da Fundação Tide Setubal. O CPDOC foi muito importante porque valorizou a história local, gerando um sentimento de pertencimento entre os moradores do bairro. Para Camila, que estava no ensino médio quando participou do projeto, o CPDOC teve uma importante contribuição. Ao investigar os relatos sobre o bairro, Camila se interessou por história oral, decidiu, então, cursar História na graduação. Atualmente, é professora de História na rede pública e busca construir uma história diferente com seus alunos. Confira.