desafio-gasto-publico-tem-endereco-2023 Fundação Tide Setubal

Desafio Gasto Público Tem Endereço 2023

26 de janeiro de 2023
Compartilhar:

É servidor da prefeitura municipal de São Paulo? Trabalha na Coordenadoria de Administração Financeira, Planejamento ou área de contratos de alguma secretaria municipal? Quer ajudar a construir uma cidade mais transparente e igualitária? E, de quebra, conhecer cidades com boas práticas na gestão do orçamento?

 

Este desafio é para você!

 

Sobre o Desafio Gasto Público tem Endereço 2023

A regionalização do orçamento público é um passo fundamental rumo a um orçamento mais democrático e mais inclusivo. Nesse sentido, tais peças devem permitir o direcionamento dos recursos públicos para as regiões da cidade que mais precisam.

 

Sabemos dos desafios técnicos para avançar nessa direção. Grande parte do trabalho necessário para a regionalização do orçamento recai sobre as equipes de orçamento, planejamento e gestão de contratos das secretarias municipais, que devem garantir a inserção de dados regionalizados nos sistemas de gestão orçamentária.

 

Ao pensar nesses desafios e buscando valorizar equipes de servidores, a Fundação Tide Setubal, em parceria com Secretaria da Fazenda, Secretaria de Governo Municipal e com a Escola de Contas do Tribunal de Contas do Município de São Paulo, promove a segunda edição deste desafio.

 

A vencedora da primeira edição foi a equipe da Secretaria de Assistência Social, que teve a oportunidade de passar uma semana na Cidade do México, conhecendo práticas inovadoras de gestão orçamentária e de políticas públicas.

 

 

Equipe da SMADS visita o PILARES Frida Kahlo, na Cidade do México

 

 

Regras do Desafio

Assim sendo, as equipes que mais fizerem avançar o indicador de regionalização do orçamento municipal receberão prêmio como reconhecimento público da Fundação Tide Setubal. E a equipe vencedora receberá como prêmio uma viagem para conhecer uma das cidades com boas práticas de orçamento e de políticas públicas.

 

São dois os critérios para apuração da equipe vencedora do Desafio Gasto Público Tem Endereço 2023, conforme o regulamento disponível à época das inscrições:

 

 

  1. O percentual de execução orçamentária regionalizada reportado em 2023, conforme apurado pela SF e Fundação Tide Setubal (ver fórmula de cálculo no edital), com peso de 75%;

 

  1. Avaliação qualitativa do empenho da equipe em criar e implementar práticas e metodologias inovadoras para avanço do indicador de regionalização de execução do orçamento. Esse tópico considera, então, atributos em conformidade com os critérios estabelecidos no edital.

 

 

 

 


Compartilhar:

Notícias relacionadas

Nós utilizamos cookies para melhorar a experiência de usuários e usuárias que navegam por nosso site.
Ao clicar em "Aceitar todos os cookies", você estará concordando com esse armazenamento no seu dispositivo.
Para conferir como cuidamos de seus dados e privacidade, acesse a nossa Política de Privacidade.