Notícias

3º Encontro de Cultura Hip Hop acontece em São Miguel


01/04/2009

* Com reportagem de Jéssica Reges, Joana Nunes e Maikelly Burgues

No último dia 28, CDC Tide Setubal foi sede do 3° encontro da Cultura Hip Hop em São Miguel Paulista  Esse ano, um dos objetivos foi abordar a participação feminina, cada dia mais presente na cultura. Tielly Queen, Projeto Play, Rúbia Fraga(RPW), Odisséia das Flores, MisCível, Causa P, Banda Carlão, + um guerreiro da Leste, Donos do Nada, além dos Djs Negrito e  Negrulho e os grafiteiros Fernando RV, Fernanda Sunega, Ana Clara Marques,  Max B.O entre outros estavam na programação. “A presença da mulher é uma inovação na cultura hip hop, elas trazem a habilidade do diálogo para o movimento”, explica Tião Soares, coordenador da área de cultura da Fundação Tide Setubal.

Mesmo o movimento Hip Hop com alguns anos de estrada, as meninas que assumem papéis de rappers, mcs, b-girls ou grafiteiras ainda sofrem preconceito. Negra Sim, integrante do grupo MisCível diz que o grupo veio para fazer a diferença. “Tentamos contar através de nossas letras que as mulheres em geral são ágeis e independentes, mostrando assim a sua importância para a sociedade”

No encontro, que reuniu todas as linguagens do Hip Hop,os muros do CDC foram coloridos com novos grafites, desenhos cheios de significados, que tentam passar uma mensagem para sociedade, " O graffite é uma obra de arte autorizada, feito com intuito de passar a realidade de uma maneira diferente ", afirma o Rapper e graffiteiro Fernando RV.

* Jovens integrantes do Núcleo de Comunicação Comunitária São Miguel no Ar