Notícias

Público do IV Encontro de Cultura Caipira comenta o evento


25/06/2010

A quarta edição do Encontro de Cultura Caipira do CDC Tide Setubal, realizado pela Fundação Tide Setubal, proporcionou um fim de semana de diversão e divulgação da cultura popular do interior para um público de todas as idades. Com a família ou com os amigos, crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos prestigiaram grupos de música e de dança, saborearam comidas típicas e visitaram uma genuína casa caipira de pau-a-pique e coberta com sapê. Leia a seguir depoimentos de quem participou da festa:

“É a primeira vez que venho ao Encontro. Eu e meu marido trouxemos nossos dois filhos para que eles possam brincar nas barracas e dançar quadrilha. Achei muito bonita a casinha caipira. A minha mãe tinha uma assim em Pernambuco. Quando vi, logo me lembrei das histórias que ela contava.”

Daiana Moura, 24 anos, moradora da Vila Nova Curuçá

“Recebi o panfletinho da festa. Nós estávamos determinadas a vir porque eu vi a programação e achei interessante. O grupo da congada está muito bonito. Para mim, foi uma surpresa encontrar tudo isso”.

Helena Aparecida Assunção, 66 anos, moradora da Vila Rosário

“Todo ano eu venho ao Arraial. Este ano está mais bonito, mais decorado, mais organizado. Gosto, principalmente, do show, porque é típico de festa junina. Tudo isso valoriza o bairro.”

Virginia Aparecida dos Santos, 54 anos, moradora de São Miguel Paulista há 40 anos

“É a primeira vez que venho na festa. Eu nasci e me criei no sertão de Pernambuco. Estou aqui há 15 anos. Essa festa lembra muito as da minha localidade. Lá tinha de tudo, quadrilha, pamonha. Sinto falta de lá.”

Maria Ana da Conceição Guimarães, 68 anos, moradora do Itaim Paulista

“É a nossa primeira vez aqui. Estamos em 7 pessoas. Eu, meu marido, nossa filha, minha mãe, sobrinhos e cunhado. Está gostoso, tranquilo. É bom ter as mesas para sentar, comer e ficar observando tudo. O que chamou mais minha atenção foi a decoração. Ficou bem legal. As bandeirinhas são de admirar”.

Elisângela da Conceição Guimarães, 26 anos, moradora do Itaim Paulista

“Estou provando bastante da comida e achando gostosa. Já comi vaca atolada e tapioca e bebi vinho quente”.

Leandro Severino Guimarães, 17 anos, morador do Itaim Paulista

“Estou gostando dos jogos. Já fui brincar na barraca de pesca. Pesquei um peixe, sem a ajuda de ninguém”.

Tauani Guimarães, 7 anos.


“Meu pai veio aqui o ano passado. Ele gostou bastante. Fiquei curiosa e resolvi vir este ano. Achei bem legal. A Casa Caipira é demais, você entra na realidade deles. Outro diferencial é o show relacionado com a festa junina. Normalmente, nas outras festas, não colocam músicas com esta temática. Gosto de forró e dancei um pouco. Agora, vou voltar todo ano.”

Juliana Pereira Vicchino, 22 anos, moradora de São Miguel Paulista

“Nós estamos em um grupo com cinco adultos e um garoto de 10 anos que joga bola aqui. O lugar é muito bom. As pessoas aqui se respeitam. O ambiente é animado. Há muitas barracas, com variedade de alimentação. Estou gostando de tudo.”

Edson Andrade, 77 anos, morador de São Miguel Paulista