Notícias

Pró-Universidade contribuirá para ingresso de jovem no ensino superior


23/07/2010

A Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), da Universidade de São Paulo, conhecida como USP Leste,em parceria com a Fundação Tide Setubal, promove o curso Pró-Universidade. Ele visa contribuir com o ingresso de jovens de escolas públicas da zona leste no ensino superior, especialmente na USP Leste, mas também em outras instituições públicas e privadas. O programa-piloto será implementado no segundo semestre de 2010, com a abertura de mil vagas.
 
Essa ação conjunta foi motivada pela baixa inserção de jovens do ensino público na EACH-USP. Em 2009, 34,8% ingressantes da EACH eram oriundos rede pública. Em 2005, esse índice havia sido de 40%, e a USP, como um todo, registrara 22%. Um dos fatores que colaboraram para uma elevação da taxa de recebimento de estudantes do ensino público em 2005 na EACH foi a articulação de cursinhos pré-vestibulares na comunidade. Nos anos seguintes, porém, não houve essa mobilização. Agora, retoma-se a proposta inicial.

Seleção e conteúdo

A partir do dia 24 de agosto, os jovens selecionados pelo curso Pró-Universidade freqüentarão as aulas três vezes por semana, às terças, quartas e quintas-feiras, no período noturno, das 19h às 22h30. Três escolas da região leste cederam suas salas para a realização das atividades. São elas: Escola Estadual (E.E.) Hugo Takahashi, em São Miguel Paulista; E.E. Valace Marques, em Ermelino Matarazzo; e E.M.E.F. Armando Cridey Righetti, no Itaim Paulista. Cada escola abrigará 32 turmas de cerca de 30 estudantes.

O período de inscrições será de 3 a 5 de agosto e de 10 a 12 de agosto, nas três escolas, das 16h às 20h. Podem participar do processo seletivo alunos matriculados no terceiro ano do ensino médio de escolas da zona leste e egressos do ensino médio entre 2007 e 2009, também da rede pública. O critério de seleção será o desempenho escolar dos candidatos. Para concluintes do ensino médio, contará o rendimento  no segundo bimestre de 2010. Para os egressos, será a avaliação no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) ou o histórico escolar. A distribuição das vagas se dá da seguinte forma: são 80% para alunos do ensino médio e 20% para egressos.

Além de complementar os conteúdos curriculares do ensino médio, o curso tratará de temas relacionados ao mundo do trabalho, de cidadania e da importância da escolarização, entre outros. “Desse modo, pretendemos contribuir com a formalização de um espaço sistemático de discussão, reflexão e debate sobre questões da juventude e do mundo contemporâneo”, explica Patrícia Junqueira Grandino, professora da EACH-USP e integrante da coordenação do Pró-Universidade.

Trabalho integrado

Quem ministrará as aulas são cerca de 40 alunos da graduação da EACH, que serão supervisionados por estudantes da pós-graduação. Cada disciplina ficará sob a responsabilidade de um professor da universidade. Fica a cargo do Núcleo de Apoio Social, Cultural e Educacional (NASCE), ligado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP e à EACH, coordenar todas as atividades. “Nossa missão é promover ações que integrem a universidade e as comunidades da zona leste, como essa iniciativa do curso, visando, assim, o desenvolvimento da região”, ressalta Ulisses Ferreira Araújo, professor da EACH e coordenador do NASCE.

Para Paula Galeano, coordenadora geral da Fundação Tide Setubal, esse objetivo se conecta com a estratégia da Fundação, que é contribuir para o desenvolvimento local, colaborando para a melhoria da qualidade de vida. “As duas instituições não só estão próximas no território, como têm afinidades para desenvolver ações de extensão, somando seus potenciais.”. Ela ressalta ainda que a parceria nesta iniciativa não se reduz ao financiamento. “Nós, da Fundação, integraremos os grupos de planejamento e de acompanhamento do Pró-Universidade, no intuito de tornar esse programa contínuo na região”. A iniciativa também conta com apoio da Secretaria Municipal da Educação e da Secretaria Municipal da Educação.


Mais informações, clique aqui