Notícias

Clube Escola encerra 2012 com quase 30 mil atendimentos


ESPORTE | CDC 14/01/2013

O Programa Clube Escola, criado pela Secretaria Municipal de Esporte, Recreação e Lazer e oferecido pela Fundação Tide Setubal no CDC Tide Setubal, encerrou 2012 com 29.388 atendimentos a 972 crianças e jovens inscritos. Dentre as modalidades trabalhadas estão futebol society, futsal, futebol de botão, ginástica artística, desenho, artes plásticas, xadrez, basquete, vôlei e handebol.

Para 2013, o coordenador do programa, Marcelo Ribeiro Silva, pretende obter mais recursos via Lei de Incentivo ao Esporte, formar equipes para competições — uma reivindicação dos próprios participantes —, e conseguir unir o gosto que os jovens têm pelos esportes ao interesse pela literatura, por meio do Ponto de Leitura inaugurado ali em outubro passado. “Tudo isso sempre atrelado a educação, cidadania, socialização e respeito", conclui.

A inauguração do Ponto deu novos horizontes para os frequentadores, “abrindo uma nova janela de oportunidades no CDC", segundo Marcelo. São 4.300 itens, entre livros de literatura infantojuvenil e adulta, dicionários, enciclopédias, quadrinhos, jornais e revistas, que podem ser lidos no local ou por empréstimo. A ação é um desdobramento da experiência do Ponto de Leitura Jardim Lapenna, inaugurado em 2009.

Para atrair o público, o Sistema Municipal de Bibliotecas envia para lá, mensalmente, uma programação cultural com contação de histórias e/ou oficinas. Aline Daniele da Silva Santiago, coordenadora do Ponto do CDC, constatou que predominam adolescentes entre 12 e 18 Seus livros preferidos são os de literatura fantástica e sobre vampiros. Em três meses de funcionamento, circularam mais de 500 exemplares, e as visitas passaram de 1.400.

O ponto já pode ser considerado um irradiador de cultura. Uma ação que corrobora essa ideia foi a oficina que reuniu cerca de 15 agentes de saúde municipais da região, em dezembro, para se tornarem mediadores de leitura na comunidade. Integrar o ponto à rede de bibliotecas da prefeitura e aumentar o número de leitores da localidade é o grande desafio para 2013.

Leia também: Encerramento do Um Passe para a Arte tem dança afro, maculelê e capoeira