Notícias

O combate às desigualdades sociais em tempos de coronavírus


GALPãOZL | PRáTICA DE DESENVOLVIMENTO | @COMUNICACAO 23/03/2020

A elevação da Covid-19 (coronavírus) ao status global de pandemia feita pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e as posteriores medidas adotadas por gestores públicos, como a recomendação para o autoconfinamento resultante da quarentena para a redução dos casos de contaminação pelo vírus e o posterior fechamento de estabelecimentos comerciais. De acordo com o decreto baixado em 20 de março pela Prefeitura de São Paulo, apenas padarias, farmácias, restaurantes e lanchonetes - via delivery , supermercados, postos de gasolina, lojas de conveniência e produtos para animais e feiras livres estão autorizados a funcionar durante o período de quarentena.

Para atender às determinações governamentais e preservar a integridade física da equipe, a Fundação Tide Setubal adotou medidas emergenciais de prevenção contra o coronavírus. Os funcionários estão trabalhando em home office desde 18 de março e o Galpão ZL foi totalmente fechado desde 23 de março.

Apesar de as atividades no espaço serem retomadas após a queda da curva de contágio da pandemia, a programação continuará por meio de atividades online que estão em fase de desenvolvimento. Algumas ações colocadas em prática para apoiar o território como a compra de 170 aventais para o Hospital Tide Setubal, situado em São Miguel Paulista, ao atender a um pedido de doação - a Fundação requisitou também a doação de 10 mil frascos de álcool gel junto à Ambev para o hospital e demais organizações locais.

Ainda, a instituição  realizou a compra de 2 mil cestas de alimentos e higiene para moradores do Jardim Lapena, na zona leste de São Paulo, onde está situado o Galpão ZL, núcleo de Prática Local da fundação. A identificação de famílias beneficiadas da doação e a organização de um sistema de entrega de itens alimentícios e para higiene pessoal estão sendo feitas por meio de articulação com creches públicas e UBS em funcionamento na região.Além disso, a Fundação está estudando maneiras de como dar suporte para a comunidade do Jardim Lapena, entorno e demais territórios a partir da experiência local e das trocas com outras Fundações, Institutos e grupos periféricos.


Quer colaborar com a Fundação?

O momento atual pelo qual todos os atores sociais passam  trazem desafios ainda maiores, justamente em virtude das desigualdades territoriais e socioeconômicas. Por esse motivo, estamos abertos para sugestões de como enfrentar e superar esse panorama. Interessados em colaborar poderão entrar em contato conosco em contato@ftas.org.br.