Notícias

Fundação completa dois anos e amplia projetos


24/06/2008

Em seu segundo ano de atuação, a Fundação Tide Setubal amplia os projetos para os jovens de São Miguel Paulista. Com a construção e inauguração do Galpão de Cultura e Cidadania, no Jardim Lapenna, e parceria com uma escola pública da região, surgem também novos espaços para encontro e formação.

São quatro os projetos que têm o jovem como público principal: ArteCulturAção, Espaço Menina-Mulher, São Miguel no Ar e São Miguel Paulista e Brasileiro. Eles envolvem ações que buscam promover o desenvolvimento pessoal e estimular a reflexão e a participação de garotos e garotas entre 13 e 24 anos na melhoria da qualidade de vida no bairro.

O ArteCulturAção surgiu da experiência do projeto Crer, Ser e Fazer, que levou, durante o ano de 2006, oficinas de lutheria (confecção de instrumentos de percussão) para o Jardim Lapenna e grafite para o Jardim São Vicente. A partir deste ano, as atividades foram ampliadas, tendo em vista a articulação entre arte, cultura e cidadania. Assim, semanalmente, além das atividades que já aconteciam, os jovens também estão tendo oficinas de teatro.

O Espaço Menina-Mulher, que promove encontros semanais com meninas de 13 a 17 anos, teve o número de turmas ampliado. Além das que se reúnem no CDC Tide Setubal, foi criada uma outra no Galpão de Cultura e Cidadania. Orientadas por duas psicólogas, as meninas conversam e aprendem mais sobre temas como saúde, cuidados com o corpo, sexualidade, projeto de vida, cultura e outros assuntos de seu interesse, além de participar de atividades como exibição de vídeos, oficinas com materiais de artes, vídeos educativos e debates com especialistas.

A partir da experiência do Espaço Menina-Mulher, surgiu o Projeto Espaço Jovem, que acontece na Escola Municipal Paulo Rolim. A iniciativa teve como pressupostos a importância de trabalhar também com meninos e a riqueza que se agregaria às reflexões se houvesse a diferença de gênero constituindo o grupo. Por ser um território, por definição, de formação, e um potente cenário de convivência, experiências de grupo, auto-conhecimento e aquisição de novos saberes sobre o mundo, a escola foi escolhida como o ambiente ideal para este projeto-piloto.

Iniciado em março de 2007, o projeto São Miguel no Ar tem entre seus objetivos possibilitar a construção da autonomia de jovens entre 16 e 20 anos, de tal maneira que eles possam definir o que é notícia e como querem mostrar essa notícia à sua própria família e à comunidade. Eles passam de ouvintes e telespectadores para produtores da comunicação, a partir do contato com os elementos básicos de produção de veículos nas mais diversas linguagens - rádio, jornal, internet - em oficinas teóricas e práticas durante três dias da semana e atividades extras como excursões pela cidade e bate-papo com profissionais das áreas de comunicação e produção cultural.

Em sua nova fase, o São Miguel Paulista e Brasileiro reúne no CDC Tide Setubal novos garotos e garotas, de 17 a 21 anos. De lá eles partem para uma verdadeira viagem na história de São Miguel. Fazem entrevistas com os moradores, fotografam pontos importantes do bairro, pesquisam e escrevem sobre os costumes, valores e tradições de sua comunidade. Além de formar jovens pesquisadores na área sócio-cultural, o projeto busca ampliar o universo cultural dos participantes e estimular a expressão oral e escrita. As oficinas contemplam quatro dimensões: curso básico de computação; empregabilidade no mundo contemporâneo; linguagem, cidadania e participação; temas relativos ao patrimônio cultural, artes e meio ambiente.