Notícias

Primeira edição do Festival Mário de Andrade tem participação de neta de Mandela e mais de 150 atrações gratuitas


PROGRAMAçãO CULTURAL | LEITURA | @COMUNICACAO 03/10/2019

Zamaswazi Dlamini, neta de Nelson Mandela (Foto: Steven Robert / ONU)

 

Entre 4 e 6 de outubro, a área onde estão localizadas a Biblioteca Mário de Andrade, a Praça das Artes, a rua Coronel Xavier de Toledo e o Theatro Municipal será conhecido como corredor do livro. E, como é de se esperar, produções culturais para todos os públicos e gostos, como conversas com autores literários, oficinas, espetáculos de rua, duelo de cordel, sarau, teatro, dança e música farão parte do cotidiano dali.
 
De sexta-feira (4) a domingo (6), São Paulo receberá a primeira edição do Festival Mário de Andrade - A Virada do Livro. Organizado pela Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo e patrocinado pela Fundação Tide Setubal, o evento reúne diversos atores do mercado editorial do país e tem como objetivo para a formação de leitores no país - e se propõe a fazê-lo por meio da celebração da arte literária, do conhecimento em humanidades e da pesquisa científica.
 
O evento contará com mais de 150 atividades gratuitas, com direito a 100 tendas com grandes marcas do mercado editorial instaladas no corredor do livro e à realização de ações voltadas à diversidade LGBT+, à questão racial e ao feminismo.
 
Além disso, as atrações do  Festival Mário de Andrade - A Virada do Livro estarão espalhadas em demais pontos da capital paulista, como os centros culturais Tendal da Lapa e Cidade Tiradentes, Centro de Culturas Negras e Centro Cultural da Juventude.
 
 
Quem estará no festival?
 
A programação do primeiro Festival Mário de Andrade - A Virada do Livro, conta com participações de destaque. No dia 5 (sábado), às 14h, o escritor e músico angolano Kalaf Epalanga estará no Centro de Culturas Negras para falar sobre a sua vida em trânsito entre Berlim e Lisboa, assim como sobre a sua trajetória musical na Banda Buraka Som Sistema e o seu primeiro livro, “Também os Brancos Sabem Dançar”, em papo mediado pela jornalista Adriana Couto. Também no dia 5, às 17h30, o moçambicano Mia Couto, vencedor do Prêmio Camões, de Portugal, e o amazonense Milton Hatoum, três vezes ganhador do Jabuti, estarão no Centro Cultural Tendal da Lapa para falar sobre assuntos como literatura, convivência o meio ambiente.
 
No dia 6 (domingo), às 16h, Fernanda Montenegro estará no Theatro Municipal para falar sobre o seu livro “Prólogo, Ato, Epílogo”, da editora Companhia das Letras. Prestes a completar 90 anos, a atriz participa de bate-papo com Marta Góes, que organizou o material para escrever a obra após ter entrevistado Fernanda Montenegro por 18 vezes.
 
Também no dia 6, mas na Praça das Artes às, 19h, o encerramento do festival acontecerá com participação de Zamaswazi Dlamini, neta de Nelson Mandela. Durante a atividade, ela e Sahm Venter, responsável pela organização da correspondência do eterno líder sul-africano, falarão sobre o legado do ganhador do prêmio Nobel da Paz em bate-papo mediado pela historiadora e antropóloga Lilia Schwarcz. O evento contará também com participação do ator Felipe Soares, que fará leitura de trechos de cartas de Madiba.
 
Confira aqui a programação completa do Festival Mário de Andrade - A Virada do Livro.