Notícias

Jornada Inova ZL tem inscrições abertas para selecionar empreendedores periféricos


PROGRAMAS DE INFLUêNCIA | GALPãOZL 22/09/2020

Por Amauri Eugênio Jr.


Transformar o próprio empreendimento em um projeto de sucesso requer muito mais do que boa vontade e esforço próprio. Ao mesmo tempo em que a criatividade é um pré-requisito para qualquer iniciativa ser tirada do papel e ser transformada em um negócio de impacto, nem sempre é o suficiente dizer que dá para fazer.São necessários recursos financeiros para chegar lá.

Além disso, tais empreendimentos precisam também de orientações em áreas diversas, como gestão e definição de estratégias para atuação. Preparar negócios de origem periférica para dar os passos seguintes na jornada profissional é o objetivo da Jornada Empreendedora Inova ZL, iniciativa do Programa de Nova Economia e Desenvolvimento Territorial da Fundação Tide Setubal desenvolvida para funcionar como uma trilha de formação, mentoria e apoio financeiro para microempreendedores.

O projeto, que conta com consultoria técnica da Emperifa e do Sebrae e apoio do Pense Grande, projeto que alia empreendedorismo e tecnologia, visa auxiliar empreendimentos de origem periférica e estabelecidos em regiões afastadas da área central de São Paulo. Os negócios elegíveis poderão atuar nas seguintes áreas:

  • Gastronomia e agricultura;
  • Meio ambiente - reciclagem e energia solar;
  • Construção civil;
  • Moda;
  • Comunicação;
  • Tecnologia.

De acordo com Sauanne Bispo, coordenadora do Programa de Nova Economia e Desenvolvimento Territorial da Fundação Tide Setubal, “o nosso objetivo é olhar para ideias de negócios sem deixar de considerar os que já atuam em territórios periféricos. Esta jornada visa conectar e potencializar negócios de forte atuação e demanda em periferias, resultando em soluções para os próprios territórios.”


Passo a passo

A jornada prevê a seleção de trinta negócios para a fase de pré-aceleração. Durante essa etapa, as iniciativas escolhidas serão acompanhadas por um time de consultoria que analisará pontos importantes para a concretização de um projeto de impacto.

Essa etapa está prevista para durar quatro semanas e será desenvolvida para proporcionar a empreendedores compreensão ampla sobre o modelo de negócio e o preparará para realizar o pitch do seu projeto - ou seja, apresentá-los para uma banca julgadora. A pré-aceleração contemplará seis fases iniciais, que serão realizadas por meio do aplicativo Pense Grande e serão conduzidas pelo Emperifa.

O pitch propriamente dito, que será realizado em formato online por causa das normas de segurança para distanciamento social, terá como objetivo escolher dez empreendimentos para receber mentorias e consultorias específicas nas respectivas áreas de atuação.

Esses negócios receberão três meses de aulas virtuais e acompanhamento personalizado para se prepararem para um pitch final durante webinário de encerramento da jornada. Cada uma dessas dez iniciativas selecionadas receberá R$ 5 mil.

Deste modo, a Jornada Empreendedora funcionará como uma aceleradora para os empreendimentos selecionados. “É fundamental apresentarmos aos empreendedores de periferias os conceitos e ferramentas utilizados por aceleradoras dos centros urbanos. Assim, o conhecimento mais profundo do negócio passa a ser atendido dentro do critério do ambiente de inovação tradicional. Aproximamos também o capital humano empreendedor e periférico de pessoas e espaços que permitam que suas potencialidades de fato se tornem potências”, pondera Sauanne Bispo.

Por fim, a coordenadora do Programa de Nova Economia e Desenvolvimento Territorial da Fundação Tide Setubal ressalta que a preparação técnica e o apoio monetário devem ser colocados na mesma equação. “Tudo isso, é claro, sem desconsiderar a importância de fornecer recursos financeiros além do intelectual. Quando falamos de acelerar negócios, devemos compreender que, enquanto estão inseridos em atividades apresentadas na jornada, os empreendedores deixam de executar ações que resultariam em faturamento, capital para os negócios. ”


Anote na agenda

As inscrições começarão em 25 de setembro e poderão ser feitas até 1° de outubro - inscrições podem ser feitas neste link. Os trinta projetos, que serão selecionados e divulgados em 5 de outubro, passarão pelo período de pré-aceleração de 13 de outubro a 6 de novembro.

A seleção final será realizada nos dias 9 e 10 de novembro. Por fim, os selecionados serão anunciados no dia 11 do mesmo mês.