Enfrente

Familia e ancestralidade

Depois que sua filha nasceu, Juliana Balduíno, hoje com 43 anos, rompeu com o luto e iniciou uma nova luta. Batalha esta em que passou a se ver como uma mulher que acredita no poder da ancestralidade e da energia como fonte de fortalecimento para encarar as batalhas desta vida. Juliana tem como referência sua tia Clara, professora aposentada, ao contribuir cada dia mais para aprimorar a área da educação em que está inserida. Estuda sua identidade e compreende seus processos dentro da literatura negra onde conheceu a escritora Raquel Almeida que passou a ser sua inspiração deste então. Junto a outras colegas, criou o Coletivo Cultural Esperança Garcia para despertar o interesse de mulheres e crianças sobre questões de autocuidado e curas através de saraus literários, atuações em espaços públicos e em comunidades em que vivem.

A série Enfrente transfere os holofotes da ausência para a potência nas periferias, resgatando a tradição oral da contação de histórias para aproximar pessoas que compartilham da mesma luta, nos trazendo exemplos positivos e transformadores de enfrentamento às desigualdades sócio-espaciais.
.
Inscreva-se no canal e fortaleça esta rede de conhecimento: https://bit.ly/2KnkFta
Facebook: /fundacaotidesetubal
Instagram: @fundacaotide

Este canal compartilha histórias e encontros para inspirar a construção coletiva. Depoimentos, debates, pesquisas, rodas de conversa, seminários e outros eventos apresentam informações, inovações e questionamentos sobre iniciativas voltadas ao enfrentamento das desigualdades socioespaciais e ao desenvolvimento sustentável das periferias .
A Fundação Tide Setubal é uma fundação familiar que fomenta estas iniciativas em articulação com agentes da sociedade civil, de instituições de pesquisa, do Estado e do mercado.
https://fundacaotidesetubal.org.br/