Enfrente

De que forma a pluralidade deve entrar no território escolar? | Bel Santos Mayer | Vozes Urbanas

Quando se trata de educação plural, até onde estamos dispostos a realmente procurar, enxergar e ouvir o que a pessoa que não está dentro dos muros da escola tem a compartilhar e agregar? Precisamos começar a ver a escola como um lugar não feito apenas de histórias de seus alunos e professores, mas como um lugar de reunião de experiências de quem também faz parte da vida desses protagonistas.

Você pode conferir o vídeo completo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=PjOK_KUWaWQ&t=27s

O projeto Vozes Urbanas foi lançado para refletir sobre as diferentes formas de desigualdades enfrentadas diariamente pelas populações de grandes cidades. Trata-se de uma série de debates com temáticas diversas relacionadas à justiça social e às desigualdades socioespaciais no país.
Assista à série completa com lançamentos semanais: http://bit.ly/vozesurbanas

Inscreva-se no canal e fortaleça esta rede de conhecimento: http://bit.ly/canal-enfrente
Facebook: /fundacaotidesetubal
Instagram: @fundacaotide
Twitter: /TideSetubal

Compartilhamos encontros e histórias de enfrentamento das desigualdades socioespaciais para inspirar a ação coletiva na busca do Direito à Cidade. Buscamos orientar iniciativas de justiça social e o desenvolvimento sustentável das periferias através do compartilhamento de informação e experiências, com o apoio de especialistas e líderes comunitários. https://fundacaotidesetubal.org.br/