Fundação Tide Setubal
Imagem do cabeçalho
Imagem do cabeçalho

Elas Periféricas (segunda edição)

Em 2019, a segunda edição do Edital Elas Periféricas selecionou seis iniciativas atuantes em regiões periféricas da cidade de São Paulo lideradas por mulheres negras para receberem mentoria e apoio técnico. Além disso, cada uma das organizações selecionadas recebeu R$ 40 mil para a execução das atividades que já desenvolvem nos seus respectivos territórios.

À época, as organizações inscreveram-se para participar do edital e foram selecionadas por meio de processo de curadoria em que foram analisados os seguintes critérios:

 

  • As líderes deveriam ser, obrigatoriamente, mulheres negras;
  • A organização deveria ter origem e atuação em territórios periféricos da cidade de São Paulo;
  • Não ter finalidade lucrativa;
  • Ser iniciativas diretamente administradas e executadas pelas pessoas que compusessem o coletivo.

 

As organizações selecionadas na segunda edição do Elas Periféricas foram:

 

Mulheres de Orí

O grupo tem como objetivo oferecer estratégias para o enfrentamento e a superação da violência doméstica ao incentivar a autonomia econômica por meio de cursos de gastronomia voltados também ao empreendedorismo e temáticas de gênero e raça.

Conheça o trabalho do grupo

 

NoFront – Empoderamento Financeiro

O coletivo tem como objetivo democratizar a economia por meio da educação financeira e valores como unidade, ética, trabalho coletivo, economia cooperativa e fortalecimento étnico – racial.

Saiba mais sobre a atuação do coletivo

 

Perifeminas F.C

Fundado em Parelheiros, no extremo sul de São Paulo, o time feminino de futebol visa ser um espaço de fortalecimento de mulheres por meio do esporte e da realização de rodas de conversa e promoção de ações afirmativas e de passeios a espaços educacionais e culturais.

Conheça o trabalho do Perifeminas F.C.

 

Nóis por Nóis

O coletivo tem o objetivo de incentivar e desenvolver práticas sustentáveis para profissionalizar empreendedores das periferias urbanas e criar uma plataforma para proporcionar mais visibilidade a os produtos feitos por eles.

Acompanhe o trabalho do coletivo

 

Comunidade Cultural Quilombaque

Agência de turismo que promove o resgate da memória da região. O projeto realiza também trilhas nas quais os participantes aprendem sobre os diversos temas presentes no local.

Conheça os projetos da agência de turismo

 

Levante Mulher

Atuante na comunidade do Jardim Cláudia, na zona oeste da cidade , o projeto é voltado ao empoderamento de meninas negras por meio do conhecimento de suas origens e histórias a partir de atividades lúdicas e artísticas.

Acompanhe as atividades do projeto

 

Nós utilizamos cookies para melhorar a experiência de usuários e usuárias que navegam por nosso site.
Ao clicar em "Aceitar todos os cookies", você estará concordando com esse armazenamento no seu dispositivo.
Para conferir como cuidamos de seus dados e privacidade, acesse a nossa Política de Privacidade.